Caminhada encerra a programação da campanha Faça Bonito em Óbidos

Caminhada encerra a programação da campanha Faça Bonito em Óbidos

Com faixas e cartazes nas mãos pedindo a proteção de crianças e adolescentes e o fim dos crimes de abuso e exploração praticados contra elas, centenas de pessoas, em sua maioria estudantes da rede municipal de ensino e usuários de projetos sociais, participaram da caminhada realizada na tarde desta quinta-feira (18), que marcou o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, em Óbidos, oeste do Pará. O ato realizado em todo o Brasil, lembra a 17 anos o crime bárbaro que chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta, em Vitória (ES).

A caminhada saiu por volta das 17h30 da Praça do bairro de Santa Terezinha, e percorreu as principais ruas da cidade até o ponto de concentração. Com o slogan: “Faça Bonito - Proteja Nossas Crianças e Adolescentes”, a mobilização alertou a população sobre a importância de denunciar os crimes cometidos contra menores.

O evento marcou o encerramento das atividades que vinham sendo realizadas desde o dia 10 de maio pelas entidades organizadoras. As ações tiveram como objetivo sensibilizar os obidenses sobre o tema que ainda é pouco debatido. Ao longo da programação, foram realizadas exposições culturais, discussões por meio de mesas redondas, e a 2ª edição do Seminário: Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes. “Esse é um problema que vem se assolando em todos os municípios, e que é necessário dar um basta. Hoje temos as nossas crianças e adolescentes pedindo também um basta nessa situação, reforçando ainda mais o apelo da campanha”, ressaltou Jair Garcia, coordenador diocesano da Pastoral Social.

As ações desse ano da campanha faça bonito foram descentralizadas. O Distrito do Flexal recebeu representantes das entidades que compõe a rede de proteção, que realizaram um momento de debate sobre o tema com os moradores da localidade. “O 18 de maio é uma campanha super importante para nós. Enquanto governo nós temos total interesse de participar e apoiar a rede de proteção, e não podíamos deixar de apoiar esse momento que é na verdade um alerta para nossa sociedade sobre esse problema silencioso, que muitas das vezes destrói famílias inteiras. Levamos essa discussão para a nossa secretaria, para os nossos serviços e conscientizamos à todos que não devemos nos calar diante do abuso e da exploração sexual de nossas crianças e adolescentes”, lembro Izalina Silva, secretária de desenvolvimento social.

Em vários pontos ao longo da caminhada foram realizadas paradas, onde representantes de diversas entidades pediram o apoio da população para combater a prática de crimes de abuso e exploração contra menores. “Esse ato é importante porque mostra para a sociedade que a reponsabilidade pela proteção das nossas crianças e adolescentes não é apenas de um órgão, como pensam na maioria das vezes, mas sim de toda a sociedade. Precisamos que cada vez mais a nossa população se envolva, abrace essa causa e colabore com o trabalho da rede de proteção”, alertou Clara Helena, conselheira tutelar.

A caminhada encerrou na Praça Frei Rogério (Praça do “O”) no centro da cidade, onde foi realizada uma noite cultural. Diversas apresentações de alunos das escolas municipais, da banda de música do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Manoel Rodrigues, marcaram o momento. A programação encerrou com o show cultural do grupo “Amiguinho de Santarém”, que apresentou um musical infantil.

A campanha Faça Bonito foi realizada pela Mitra Diocesana de Óbidos, por meio da Cáritas Diocesana, com apoio da Prefeitura de Óbidos, por meio das secretarias de Desenvolvimento Social, Educação, Cultura e Turismo. Apoiaram o evento: Conselho Municipal da Criança e Adolescentes (CMDCA), Conselho Tutelar, Polícia Civil, Polícia Militar, Poder Judiciário, Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Grupo de Escoteiros, e Clube de Desbravadores da Igreja Adventista do Sétimo Dia.   

FONTE: ASCOM/PMO

Por: Érique Figueirêdo e Fotos: Odirlei Santos

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS