Rebocador foi içado e começa o trabalho de busca dos nove tripulantes desaparecidos

Rebocador foi içado e começa o trabalho de busca dos nove tripulantes desaparecidos

Depois de 20 dias de trabalho, a ação de retirada do empurrador TBL CXX, de propriedade da empresa Bertolini, do fundo do rio Amazonas, foi concluída nesta terça-feira, dia 05. A embarcação que naufragou há 15 km da cidade de Óbidos, já está sobre uma balsa de apoio e começou o trabalho de busca dos nove corpos desaparecidos, dentro do rebocador.

As equipes do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPC) e do Instituto Médico Legal (IML) entrarão em ação, assim que os corpos forem localizados, a fim de iniciar o trabalho de perícia técnica em possíveis corpos encontrados no empurrador.

Os familiares acompanham ansiosos o resgate dos corpos, desde que começou a operação de retirada do rebocador do fundo do rio.

Estão atuando na operação, representantes da Capitania dos Portos – Marinha do Brasil, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícias Civil e Militar, juntamente com a empresa Smit, contratada pelo grupo de seguradoras da Bertolini Ltda.

O Naufrágio

O TBL CXX naufragou no dia 2 de agosto após se chocar com um navio da empresa Mercosul Santos, às proximidades da cidade de Óbidos, oeste do Pará. O empurrador deslocava nove balsas que transportavam grãos de Porto Velho, em Rondônia, para a cidade de Santarém. Nove vítimas do naufrágio estavam desaparecidas. A área de operação está a 15 quilômetros da sede da cidade de Óbidos.

Www.obidos.net.brf

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS