Por Rômulo Viana. Quando iniciamos o aprendizado de aprender a fotografar tudo se torna fotografável aos nossos olhos. Logo, o nosso álbum virtual cresce de tal forma que não conseguimos mais ...

Rômulo Viana. Nada de doença terminal descoberta recentemente. Problemas do coração, diabetes e outras doenças feias... Nada disso! Aparentemente, a vida pulsava naquele ser. E se não tinha ...

Fernando Canto. Aquelas barbas espessas no rosto do homem, brancas, brancas, se esvoaçavam com o vento da Beira-rio. Eram barbas longas que chamavam a atenção de qualquer um, mas que logo, logo, ...

Fernando Canto. Perto de casa havia uma família de pessoas muito pobrezinhas. Três molequinhos saiam todas as tardes para vender pirulitos que a mãe deles, uma jovem viúva, fazia com capricho. ...

Rômulo Viana. Ainda que possa parecer que a maior vocação cultural de Óbidos seja o seu famigerado Carnapauxis (ressignificado a partir de 1997), o que de fato torna essa cidade única do ponto ...

Rômulo Viana. O acontecido é de muito tempo atrás. Aconteceu ali pelas mediações do Arumã, Flexal, Igarapé-açu comunidades da Óbidos Amazônica. Ciloca, ainda no vigor da juventude, acabara ...

César Calderaro. As redes sociais, apesar de carrearem as mediocridades dos lixos das “fakes news” (noticias mentirosas), permitem que milhões e milhões de cidadãos gerem ideias, difundam ...

Rômulo Viana. Há dias que a moça dava sinais de estranheza: pouca conversa, olhar semimorto, rosto pálido e corpo cada vez mais esquio. Nem de longe parecia àquela linda tapuia por quem os ...

Haroldo Figueira Preliminarmente, torna-se relevante deixar claro que existe, dentro da nossa sociedade, muita gente que cumpre com seus deveres de cidadãos e que não mede esforços para levar uma ...

Fernando Canto.  Desde o surgimento dos computadores pessoais que ouço falar no fim do livro impresso. E já se vão anos. Cientistas falam de um mundo novo, de substituição de tecnologias, e ...

Fernando Canto. Caixas do marabaixo retumbam/retumbam em círculos movimentados de pés descalços/negros pés. E saem das línguas vermelhas os gritos guerreiros e as canções improvisadas da ...

Fernando Canto. Quando leio nos jornais que um novo surto de malária está ocorrendo nas comunidades indígenas do Oiapoque, pergunto logo quando será que essa doença, que já vitimou tanta ...

Por Fernando Canto.  No dia que antecedeu nossa apresentação no IV Festival Amapaense da Canção, fiz uma maratona levando no ombro um pilão de madeira de lei que pesava mais de 30 quilos. ...

Por Rômulo Viana. Quando iniciamos o aprendizado de aprender a fotografar tudo se torna fotografável aos nossos olhos. Logo, o nosso álbum virtual cresce de tal forma que não conseguimos mais ...

Rômulo Viana. Nada de doença terminal descoberta recentemente. Problemas do coração, diabetes e outras doenças feias... Nada disso! Aparentemente, a vida pulsava naquele ser. E se não tinha ...

Fernando Canto. Aquelas barbas espessas no rosto do homem, brancas, brancas, se esvoaçavam com o vento da Beira-rio. Eram barbas longas que chamavam a atenção de qualquer um, mas que logo, logo, ...

Fernando Canto. Perto de casa havia uma família de pessoas muito pobrezinhas. Três molequinhos saiam todas as tardes para vender pirulitos que a mãe deles, uma jovem viúva, fazia com capricho. ...
Load More