Enchente do Rio Amazonas atinge a marca de 6,7m em Óbidos

Enchente do Rio Amazonas atinge a marca de 6,7m em Óbidos

Existem dois períodos distintos na região Amazônica, o período de chuvas e o período de estiagem. Essa sazonalidade faz com que a distribuição de chuva entre os meses de dezembro a maio, apresente uma precipitação alta na região, causando as cheias (enchentes), ao contrário, no período de junho a novembro, a seca.

Seca e cheia (enchentes) são fenômenos naturais que se renovam a um determinado período de tempo. Atualmente em Óbidos, oeste do Pará, no centro da Amazônia Brasileira, estamos vivenciando o período da enchente, onde as águas do Rio Amazonas estão subindo e preocupando os moradores ribeirinhos, diferente do ano de 2016, quando a enchente foi pequena, se compararmos com uma das maiores enchentes já registradas na região: 1953, 2009 e 2012, quando a frente da cidade de Óbidos ficou toda alagada.

Na régua que a Agência Nacional das Águas (ANA) mantém no porto de Óbidos, na segunda-feira, dia 13, o nível das águas do Rio Amazonas estava marcando 6,70m, bem abaixo da última grande enchente (2012), que chegou a 8,42m, nos meados de maio de 2012. Entretanto, está preocupando os ribeirinhos, pois segundo eles, as águas estão subindo muito rápido e ainda faltam dois meses para águas chegarem ao pico, que geralmente acontece no final de maio, o que já obrigou muitos criadores de gado a transferir seus animais da várzea para a terra firme.

A Defesa Civil de Óbidos está fazendo um trabalho de prevenção e visitando as comunidades obidenses, no sentido de orientar os moradores sobre a enchente, e em caso de emergência, como proceder para buscar ajuda junto aos órgãos municipais.

Registramos algumas imagens do Porto de Óbidos, que mostram o nível das águas.

www.chupaosso.com.br

Fotos de Vander N Andrade

FOTOS...

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS