Óbidos é destaque em intercâmbio acadêmico-cultural de alunos da UFOPA em Brasília

Óbidos é destaque em intercâmbio acadêmico-cultural de alunos da UFOPA em Brasília

A semana de Intercâmbio Acadêmico-Cultural de alunos do Programa de Pesquisa e Extensão Cultura, Identidade e Memória na Amazônia (PROEXT-CIMA) e do Programa de Pós Graduação em Sociedade, Ambiente e Qualidade de Vida (PPGSAQ), coordenados pelo Prof. Dr. Itamar Rodrigues Paulino, ocorreu em clima de aprendizado e ensino e de forte vivência cultural, com o tema efervescências culturais, identitárias e de memória da Amazônia, com foco nas cidades de Santarém e de Óbidos.

Durante o Fórum Internacional sobre a Amazônia, realizado pela UnB, em Brasília, nos dias 06 e 07, e no I Seminário de Epistemologia do Romance, realizado pelo Grupo de Pesquisa em Epistemologia do Romance, na UnB, foram apresentados pelas alunas de Mestrado do PPGSAQ-CFI/UFOPA Elian Karine Serrão da Silva e Francenilce Silva de Paula temas sobre Óbidos.

Karine apresentou “O Mascarado Fobó entre o sério e o lúdico: uma investigação sobre a cultura do folião da Amazônia”, resgatando o símbolo cultural da maior festa carnavalesca do Baixo Amazonas.  A Acadêmica comentou que suas investigações estão ainda em andamento e se referem a aspectos históricos e culturais do Mascarado Fobó, sua essência, suas raízes e significado, seus disfarces e revelações, e suas transformações ao longo do tempo, uma criação humana, fruto de um imaginário antigo, que produz a ocultação da própria identidade na identidade de um personagem que é história e que se faz história a cada ano, resultando daí numa festa que debocha da realidade cruel na forma de riso e de brincadeira.

Francenilce Silva defendeu “Matutice e Civilidade Humana: percepções sobre a dinâmica das culturas do Baixo Amazonas na obra de Inglês de Sousa”, momento em que foram apresentadas percepções de cultura nos aspectos da matutice à civilidade do povo Amazônida no imaginário popular Obidense, no século XIX. Francenilce afirmou que na obra Inglês de Sousa discute questões de cultura, entre matutices e civilidades, enquanto Severino de Paiva Prestes, o Coronel Sangrado, vê seu projeto de eleger Miguel vereador se desfazer por conta de intrigas na efervescente cidade de Óbidos. As acadêmicas também apresentaram seus temas no I Colóquio sobre a Amazônia, organizado pela Universidade Estadual de Goiás (UEG), em Formosa, e ocorrido no dia 9 de junho.

Além das mestrandas do PPGSAQ, alunas do Proext-Cima também apresentaram no mesmo Fórum sobre Amazônia, e no Colóquio organizado pela UEG. Brenda Larissa da Cruz Lima, pesquisadora do programa, apresentou em ambos os eventos “Museu Contextual de Óbidos: nas andanças pelas ruas, uma viagem pela História da Amazônia”, comentando dez patrimônios históricos fundamentais para compreender a História da Amazônia, entre eles o Antigo Quartel (Casa de Cultura), o Forte Santo Antônio dos Pauxis e a Capela Bom Jesus. Beatriz Costa de Souza apresentou um “Levantamento etnobotânico: uso medicinal de plantas em comunidades quilombolas na Amazônia paraense”, fruto de pesquisas feitas na Comunidade do Arapucu.

Milena Sanche de Sousa, na sua vez, apresentou “Cultura Festeira, Preservação Ambiental e Sustentabilidade: os festivais comunitários do Baixo Amazonas”, fazendo referências a um Mapeamento das Festividades de Óbidos feita pelo Proext-Cima, com dados do Patrimônio Histórico-Cultural de festividades vinculadas ao Meio Ambiente (fauna, flora, flúvio, firmamento). A pesquisa visa averiguar se as festas obidenses que fazem a relação entre cultura e meio ambiente, promovem as identidades comunitárias e a preservação ambiental. A pesquisa é focada no Festival do Jaraqui, Festival do Acari, Festival do Tucunaré, Festival da Mandioca, Festival do Açaí, Festival do Milho e Festival da Castanha. A apresentação no FIA e na UEG focou nos festivais da Castanha e do Jaraqui, já mapeados pelo programa.

Esse tipo de intercâmbio é oportuno para que sejam apresentados olhares Interdisciplinares sobre a condição amazônida, evidenciando culturas, identidades e memórias, especialmente as do município de Óbidos, que possui vasto acervo do Patrimônio Cultural, Histórico, Natural e Memorial Brasileiro.

Por PPGSAQ e Proext-CIMA / CFI / UFOPA

Fotos cedidas pelo Prof. Itamar

FOTOS...

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS